Daniel Franzese, ator de 'Mean Girls', acusa Bijou Phillips de abuso físico e homofóbico no set de 'Bully'

Daniel Franzese



Barão de Matt / REX / Shutterstock

ATUALIZAÇÃO (13 de novembro): Bijou Phillips emitiu o seguinte pedido de desculpas à TMZ: “Quero escrever para abordar o que Daniel disse. Não me lembro bem dessa época, esses anos são um borrão. Eu era adolescente e imprudente no meu comportamento. Eu sei que Daniel é uma pessoa confiável e honesta, e descobrir através das mídias sociais que eu não era o amigo que pensei que era para ele me deixou tão triste. Estou tão mortificado com esse comportamento e entrei em contato com Daniel e pedi desculpas a ele em particular. Eu não sou e nunca fui homofóbico. Não tenho nada além de amor pela comunidade LGBTQ e pelo Daniel. ”

Anteriormente: Daniel Franzese, mais conhecido por interpretar Damian Leigh em 'Meninas Malvadas', publicou uma longa declaração em sua página no Facebook, na qual revela que sofreu abuso físico e homofóbico da atriz Bijou Phillips durante a produção de 'Bully', de Larry Clark. Franzese, Phillips 'o envergonhou' e o 'ridicularizou' sobre sua sexualidade e depois o agrediu fisicamente. 'Eu estava com medo, enrolado e com medo do meu trabalho', escreve o ator.

Franzese diz que, durante as filmagens do elenco do filme, Phillips perguntou repetidamente 'Você é gay?' Na frente dos produtores e fotógrafos e não parou mesmo quando solicitado pelos atores Michael Pitt e Brad Renfro. O ator decidiu se declarar bissexual porque ainda não se identificava como gay, e Phillips supostamente respondeu rindo dele ('HA ele é bi!') E depois se referindo a ele no set como o 'cara bi'.

Mais tarde, durante a produção, Phillips supostamente envergonhou o jovem ator depois que ele filmou uma cena em que teve que tirar a camisa. “Eu tiro minha camisa na cena e ela quebra o personagem e ela aponta para o meu corpo e no topo de seus pulmões grita: 'Ewwww nojento !!!' '”, explica Franzese. “Ela riu e apontou para mim e continuou me repreendendo. Eles chamam de corte e eu tive que sair do set para me recompor.

O abuso teria ficado físico quando Franzese foi convidada a se encontrar com Phillips em seu trailer de maquiagem após o encontro de vergonha do corpo. Em vez de lhe oferecer um sincero pedido de desculpas, Franzese diz que Phillips agarrou o mamilo e o torceu com força pela camisa, antes de rir e ir embora. 'Parei de conversar com ela pelo resto das filmagens', escreve o ator. Franzese diz que o abuso de Phillips não se limitou a ele, pois ela também teria queimado um figurinista com um cigarro aceso e jogado ovos no trailer.

'Foi uma bênção entrar na porta de Hollywood, mas fui recebido com homofobia, vergonha e abuso corporal', conclui Franzese. 'A maneira como fui tratado naquele ambiente hostil de trabalho me deu um TEPT que me fez ficar fechado por um longo tempo.'

O ator disse que se inspirou para compartilhar sua própria história depois que Ellen Page postou uma redação em sua página no Facebook, revelando sua história de assédio na indústria e sendo expulsa pelo diretor Brett Ratner no set de 'X-Men: The Last Stand'. Você pode ler a declaração completa do ator no Facebook abaixo.





Principais Artigos

Categoria

Reveja

Recursos

Notícia

Televisão

Conjunto De Ferramentas

Filme

Festivais

Avaliações

Prêmios

Bilheteria

Entrevistas

Clickables

Listas

Videogames

Podcast

Conteúdo Da Marca

Destaque Da Temporada De Prêmios

Caminhão De Filme

Influenciadores