Tiffany Haddish fez uma 'história bêbada' sobre os homens dos monumentos e é previsivelmente surpreendente

Tiffany Haddish em 'História do Bêbado'

Comedy Central / Captura de tela

thanos de vingadores endgame

Há muito a aprender com o emocionante conto de Rose Valland de Tiffany Haddish e a verdadeira história dos Monuments Men, mas o boato mais importante é sobre a própria Haddish: ela é judia. Haddish interrompe sua história no meio do caminho para perguntar ao apresentador e criador de 'Drunk History', Derek Waters, se ele sabia que ela era judia. “Meu pai era judeu, mas minha mãe é testemunha de Jeová. Então, sou judeu-Jo ”, ela diz, mexendo o gelo em sua bebida minguante.



Em uma entrevista ao Vulture, Waters revelou que Haddish foi atraído pela história por causa de suas raízes judaicas. 'Ela realmente queria fazer a história do tecido, e infelizmente não fomos capazes de fazer isso acontecer', disse Waters.

Interpretar Valland é outra mulher hilária, a estrela de 'Vice-Diretores', Busy Philipps, que agrada e fala com as linhas de Haddish com a sinceridade e a veracidade necessárias. É uma opinião decididamente mais cômica sobre o personagem do que Cate Blanchett em 'Os Monumentos', o filme de 2014 sobre o mesmo assunto, dirigido por George Clooney.

Algumas das melhores falas de Haddish incluem: “Estou memorizando tudo isso” e a maneira como ela entrega “Algumas pessoas morreram, outras viveram, mas a arte foi salva.” Essa é definitivamente a maneira mais divertida de aprender sobre a história. .

Assista Haddish animar a história abaixo.

cena de basquete da mulher-gato

A última temporada de 'Drunk History' estréia na terça-feira, 23 de janeiro, na Comedy Central.

Principais Artigos

Categoria

Reveja

Recursos

Notícia

Televisão

Conjunto De Ferramentas

Filme

Festivais

Avaliações

Prêmios

Bilheteria

Entrevistas

Clickables

Listas

Videogames

Podcast

Conteúdo Da Marca

Destaque Da Temporada De Prêmios

Caminhão De Filme

Influenciadores